BEREU NEWS

Pastor é exposto nas redes sociais após ter caso com 'irmã' em motel



O que era para ser apenas mais um caso extraconjugal entre um homem e uma mulher acabou se tornando um grande escândalo dentro da Assembleia de Deus de Brasília (Adeb), localizada no Distrito Federal. Segundo reportagem do Metrópoles, um pastor da igreja evangélica foi flagrado tendo um caso com uma das "irmãs" em um motel, causando um grande racha entre a comunidade.

O pastor em questão foi identificado como Manoel Pereira Xavier, de 51 anos, que atualmente é coordenador do Setor 2 da Igreja. Segundo a reportagem, o caso foi exposto no início de junho, mas acabou sendo acobertado pelas lideranças da Adeb, uma vez que Manoel é irmão do pastor Orcival Pereira Xavier, presidente da igreja.


A fofoca acabou indo parar nas redes sociais, através de um perfil criado no Instagram para compartilhar a traição. Um homem estava desconfiado das visitas constantes de Manoel à casa da ex-esposa e, com a pulga atrás da orelha, procurou outro pastor para conversar sobre o caso. Com isso, descobriu que o líder religioso encontrava-se com a mulher dele e que saíam com frequências.

Diante de algumas evidências, decidiu contratar um detetive, que constatou o fato: com um rastreador, o profissional descobriu que o pastor fazia visitas frequentes a um motel. A "denúncia", porém, foi acobertada pelo irmão do adúltero.

Com a exposição do caso, diversos fiéis, segundo a reportagem do Metrópoles, decidiram sair da assembleia. “Diante das acusações de supostas ameaças, o mínimo que se esperava era a criação de uma comissão isenta, para apurar fatos, buscar ouvir todos os envolvidos, mesmo diante da recusa do causante em levar o caso adiante, buscar entender os fatos que o levaram tomar essa decisão, pois o dano maior já está estabelecido e toda a instituição está em descrédito”, postou o perfil que divulgou a traição.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2