Menino de 9 anos morre com síndrome rara ligada à covid-19; é a 1ª morte do caso na Bahia - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie Aqui

28 de agosto de 2020

Menino de 9 anos morre com síndrome rara ligada à covid-19; é a 1ª morte do caso na Bahia

Menino de 9 anos morre com síndrome rara ligada à covid-19; é a 1ª morte do caso na Bahia

Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), 14 crianças e adolescentes entre 2 e 16 anos desenvolveram a enfermidade.

Apesar de crianças apresentarem menor chance de agravamento da Covid-19, ainda há a chance de desenvolvimento da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P). Foi o caso do menino de 9 anos, morador de Salvador, que morreu após confirmação da síndrome, ele teria sido o primeiro caso.
Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), 14 crianças e adolescentes entre 2 e 16 anos desenvolveram a enfermidade no estado até esta quarta-feira, 26. Além do garoto que faleceu, três pacientes continuam internados e 10 já tiveram alta.
Além disso, ao todo, foram registradas 19 crianças e adolescentes com sintomas da síndrome que causa uma inflamação generalizada. Outra síndrome rara é a Síndrome de Kawasaki , que foi detectada e dois pacientes, com quadro similar à doença ligada ao coronavírus. Outros três casos suspeitos ainda não foram diagnosticados.
Desse total, 11 são meninos, enquanto apenas 3 são meninas. Além disso, três possuem nove anos, dois têm 10 anos e outra dupla tem 2 anos. As idades de três, cinco, seis, sete, oito, 14 e 16 anos registraram apenas um caso cada.
Salvador teve o maior número de diagnósticos da síndrome, com oito ocorrências, seguida de Camaçari com dois pacientes com a doença. Madre de Deus, São Sebastião do Passé, Candeias e Santo Antônio de Jesus registraram um enfermo cada.
Apesar de ainda não ser explícita a relação entre a síndrome e a Covid-19, sabe-se que a doença acomete pacientes com até 19 anos infectados pelo coronavírus, de acordo nota técnica do Ministério da Saúde.
Os sintomas da SIM-P podem aparecer entre uma e duas semanas após a infecção, e provavelmente, se trata de uma resposta imune descontrolada capaz de desbalancear as funções orgânicas do corpo do paciente.
Fonte: A Tarde 

Post Bottom Ad

Anuncie Aqui

Páginas