STF manda suspender buscas da Polícia Federal no gabinete de José Serra; Senador é suspeito de "caixa dois" - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Quer alavancar seu empreendimento? Anuncie sua marca aqui

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

22 de julho de 2020

STF manda suspender buscas da Polícia Federal no gabinete de José Serra; Senador é suspeito de "caixa dois"

STF manda suspender buscas da Polícia Federal no gabinete de José Serra; Senador é suspeito de "caixa dois"

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu, a pedido do Senado Federal, o mandado de busca e apreensão da Polícia Federal (PF) que tinha como alvo o gabinete do senador José Serra (PSDB-SP). Serra é um dos alvos da Operação Paralelo 23, deflagrada na manhã desta terça-feira (21/7), na terceira fase da Operação Lava Jato Eleitoral.
Segundo a investigação, a campanha de José Serra ao Senado, em 2014, teria recebido repasses ilegais que chegam a R$ 5 milhões. Em sua decisão, Toffoli alegou que as buscas seriam indevidas, por se tratar de uma investigação anterior ao atual mandado do tucano.
O delegado responsável pelo caso, Milton Fornazari Júnior, rebateu o argumento do Senado, e explicou que o inquérito originado no próprio STF foi transferido à primeira instância pela Suprema Corte, exatamente porque os supostos crimes cometidos não foram feitos no atual mandato. "Pela decisão do Supremo, ele [o juíz] tem a mais completa competência para decretar todos os atos para a investigação policial, como medidas de sequestro, colaboração premiada e quebras de sigilo", afirmou Fornazari.
Ele acrescentou, ainda, que o local não tem foro privilegiado. "Quem tem é o senador", completou. Em nota, José Serra negou as acusações e afirmou que a investigação era, até então,  "desconhecida" dele e de sua defesa. 

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco