Justiça do Rio bloqueia R$ 640 mil de ex-marido acusado de matar juíza a facadas - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

27 dezembro, 2020

Justiça do Rio bloqueia R$ 640 mil de ex-marido acusado de matar juíza a facadas

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu bloquear R$ 640 mil do engenheiro Paulo José Arronenzi, que matou a facadas a ex-mulher, a juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi. O crime ocorreu no último dia 24, véspera de Natal, na frente das três filhas do casal, uma de 12 anos e gêmeas de 9.

De acordo com o Uol Rio, o entendimento da Justiça para justificar o bloqueio foi de que o Paulo José poderia, mesmo preso, transferir dinheiro para Itália, já que tem cidadania italiana. O pedido de apreensão judicial de bens foi feitas pelas próprias filhas, em nome da avó, e concedido neste sábado (26). As três meninas são menores de idade.

O valor bloqueado vai ficar disponível para uma futura indenização por danos morais, e também para garantir o sustento das filhas do casal. O processo está sob segredo de Justiça.

O corpo de Viviane foi cremado na manhã de ontem, no bairro do Caju, na região central do Rio. Paulo José, que foi preso em flagrante pelo assassinato da ex-mulher, teve a prisão convertida em preventiva. Ele foi conduzido para a unidade prisional no Complexo de Gericinó, em Bangu, na zona oeste da capital fluminense.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco