BEREU NEWS

Polícia Federal prende o próprio delegado por vender informações

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta semana a Operação Fools Gold. A ação teve como finalidade desarticular um grupo criminoso investigado pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, violação de sigilo funcional, advocacia administrativa e associação criminosa.

Durante as investigações, constatou-se que um delegado federal teria recebido, ao menos R$ 150 mil, de garimpeiros da região de Itaituba (PA), como forma de "blindá-los" de eventuais ações policiais. 

Veja também: AÇÃO SOLIDÁRIA: Movimento Berimbau Social promoverá ceia de natal para comunidade em Conceição do Jacuípe

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o delegado é acusado de vender informações a donos de garimpo da região do rio Tapajós, a maior área de mineração ilegal de ouro do país.

O repasse dos valores era intermediado por um lobista dos mineradores, o qual também repassava as informações obtidas, através do servidor público, a terceiros.

Foram cumpridos dois mandados de prisão temporária e sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Santarém (PA), Itaituba (PA) e São Paulo (SP). Além da determinação judicial do afastamento do servidor de suas funções.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Itaituba (PA).

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2