Flagrados em mansão, bandidos fazem menino autista refém em Vilas do Atlântico - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

02 janeiro, 2021

Flagrados em mansão, bandidos fazem menino autista refém em Vilas do Atlântico

Criminosos invadiram casa vizinha, onde o garoto estava, para fugir da polícia

Criminosos invadiram uma casa em Vilas do Atlântico, na manhã desta sexta-feira (1º), e fizeram refém um garoto autista de 11 anos, que estava no imóvel. Os bandidos, que foram flagrados na mansão vizinha, invadiram o local para tentar fugir de uma ação policial.

Os bandidos fazem parte do grupo responsável pelos recentes ataques na capital baiana. Três integrantes do grupo, que costuma agir durante as madrugadas, arrombando e explodindo cofres e caixas eletrônicos, foram presos pela Polícia Federal, em ação conjunta com as Polícias Civil e Militar da Bahia.

Durante a ação, o garoto foi mantido sob a mira dos criminosos, mas já foi liberado e passa bem. A polícia prendeu os criminosos e, com eles, foram apreendidos dinheiro e objetos roubados.

De acordo com a investigação, que contou também com o apoio das Polícias Civis de Sergipe e de Alagoas, os presos participaram de assaltos a diversas agências bancárias. Recentemente, eles invadiram e explodiram a agência da Caixa no bairro Castelo Branco. Também foram notificados crimes do mesmo tipo nos bairros da Fazenda Grande do Retiro e Porto Seco Pirajá.

Assista:

Outros integrantes do grupo criminoso já haviam sido presos em ações anteriores da polícia. A investigação ainda busca outros participantes. Eles serão investigados por roubo e tentativa de homicídio. 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) o grupo é envolvido com ataques a agências da Caixa Econômica Federal, em Salvador, e comemorava o réveillon com mais nove mulheres.

A SSP-BA informou que equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da 52ª CIPM e da PF cercaram o imóvel, em Vilas do Atlântico, e iniciaram o processo para cumprimento de prisões.

"Na entrada, dois criminosos pularam para uma casa ao lado e fizeram uma criança de refém. Investigadores da COE iniciaram o processo de negociação e os assaltantes acabaram se rendendo. O garoto não teve ferimentos. Durante varreduras na casa alugada pelos criminosos, os policiais encontraram porções de maconha e farta quantidade de bebida alcoólica. No total, foram conduzidos para o Draco seis suspeitos. O grupo passa, nesse momento, pelo processo de identificação criminal", afirmou a SSP-BA em nota. 

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco