Flamengo visita o Athletico-PR em busca de embalo no Brasileirão

A vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras não apenas manteve o Flamengo na luta por mais um título Brasileiro, mas acendeu a fagulha que andava sumida no vestiário rubro-negro. E a partida contra o Athletico-PR, neste domingo (24), às 16h, na Arena da Baixada, é decisiva para o time rubro-negro embalar na reta final da competição.

Se o ambiente já havia ficado mais leve depois dos 3 a 0 contra o Goiás, o que se viu no Mané Garrincha foi um grupo eufórico e uma única certeza: a quatro pontos do líder Internacional, o Fla voltou de vez ao páreo.

"Com a entrega e o talento que eles [grupo] têm, temos tudo pra brigar pelo octacampeonato. O Flamengo estava com dificuldade para vencer os cinco primeiros. Mas foi importante, porque mostra para gente que é possível enfrentar equipes como o Palmeiras, que está na final da Libertadores e da Copa do Brasil", disse Rogério Ceni.

Essa virada ficou evidente depois de um ambiente totalmente fúnebre entre os jogadores, especialmente depois das derrotas para Fluminense e Ceará. Ainda que o grupo tenha se fechado e tentado resgatar o astral à medida que as cobranças internas e externas cresciam, a festa em Brasília foi intensa, a cantoria atingiu tons a mais e contagiou até dirigentes da cúpula de futebol.

Se a campanha será coroada com o título, os rubro-negros ainda têm oito jogos para dar a resposta. Mas a entrega ante o Alviverde fez a chama surgir novamente. Como ainda encara o Grêmio para "pagar" o jogo que deve, dia 28, o Fla voltou a depender só de si e renasce quando as coisas pareciam perdidas.

"Enfrentamos um Palmeiras que tinha tomado seis ou sete gols nos últimos 11 jogos. Ganhar um jogo deste tamanho traz a motivação que o torcedor precisa e desperta aquele sentimento de que o Flamengo fica mais forte quando sente a possibilidade", completou Ceni.

Para o duelo em Curitiba, o Flamengo não contará com quatro jogadores: Bruno Henrique e Renê estão suspensos, enquanto Rodrigo Caio e o goleiro Diego Alves estão contundidos. Com 55 pontos, o Flamengo começou a rodada a quatro do líder e tem uma partida a menos. Como ainda tem um confronto direto com o Inter, o Rubro-Negro depende apenas de si para ser campeão.

Já o Athletico-PR vem de derrota para o Bahia, em Salvador. O time de Paulo Autuori soma 39 pontos, ocupando o 12º lugar, e ainda está distante da zona de classificação para a Libertadores. A equipe não contará novamente com Léo Cittadini, mas terá os retornos do lateral Abner e do meia-atacante Nikão.

ATHLETICO-PR

Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Thiago Heleno, Abner; Richard, Christian, Fernando Canesin, Nikão (Vitinho); Carlos Eduardo, Kayzer. T.: Paulo Autuori

FLAMENGO

Hugo; Isla, Gustavo Henrique, Willian Arão, Filipe Luís; Gerson, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta; Gabigol, Bruno Henrique. T.: Rogério Ceni

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem