Rainha Elizabeth II e seu marido Príncipe Philipe são vacinados contra Covid-19 - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

9 de janeiro de 2021

Rainha Elizabeth II e seu marido Príncipe Philipe são vacinados contra Covid-19


 
A rainha Elizabeth II e seu marido, o príncipe Philip,  receberam neste sábado (9/1) a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus, segundo a assessoria do Palácio de Buckingham. O casal real se junta a cerca de 1,5 milhão de pessoas que já recebeu a primeira dose do imunizante no Reino Unido.

A monarca britânica tem 94 anos e seu marido 99. Segundo a revista Veja, os dois foram vacinados pelo médico da família real no Castelo de Windsor, onde estão passando o período de confinamento. Normalmente bastante discreta sobre seu estado de saúde, “uma rainha decidiu tornar essas informações públicas para evitar imprecisões e possíveis rumores”, informa a agência de notícias britância PA.

Em dezembro, a imprensa britânica já havia afirmado que o casal estaria entre os primeiros a receber a imunização , mas não por algum tipo de tratamento preferencial, e sim por causa da idade. A intenção era divulgar assim que eles tomassem o imunizante como “incentivo ao maior número de pessoas a se vacinar”.

Ainda segundoa  reporrtagem, sesde o começo do primeiro confinamento, decretado no final de março na Inglaterra, a saúde da rainha Elizabeth sempre esteve em primeiro lugar. Um plano de emergência foi criado às pressas por sua guarda pessoal caso ela precisasse de assistência médica. Ela foi uma das primeiras pessoas a ser examinada no Castelo de Windsor, conhecida por ser uma grande fortaleza. Nem mesmo integrantes da família reais puderam visitá-la e a monarca só fez sua primeira aparição pública sete meses depois, em revelação de outubro.

O jornal The Times lembrou que, em 1957, uma rainha afirmou publicamente que o seu primogênito e herdeiro aparente, o príncipe Charles, então com 8 anos, recebeu uma dose de vacina contra a poliomielite. Na época, as pessoas estavam preocupadas se deveriam ou não dar o composto ao seus filhos. 

Ao todo, o Reino Unido soma mais de 2,9 milhões de casos, incluindo 79.833 mortes.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco