PDT pede interdição de Bolsonaro e alega que presidente não tem "capacidade mental" para seguir no cargo - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

08 março, 2021

PDT pede interdição de Bolsonaro e alega que presidente não tem "capacidade mental" para seguir no cargo


O Partido Democrático Trabalhista (PDT) pediu a interdição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pela condução do governo federal no combate à pandemia. O pedido foi formalizado nesta segunda-feira (8/3), ao procurador-geral da República, Augusto Aras.

O pedido é uma iniciativa do presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e também do ex-candidato à presidência, Ciro Gomes. O PDT espera que o procurador-geral encaminhe a representação ao órgão ministerial competente para considerar a interdição.

Na justificativa, o PDT relembrou o episódio em que Bolsonaro chamou a pandemia de "frescura" e "mimimi". "Denota-se que o Senhor Jair Messias Bolsonaro, no ponto, não tem o discernimento necessário, nem tampouco capacidades mentais plenas para seguir como presidente, pois não se afigura crível que um presidente da República atue com a finalidade de conduzir a população à morte", diz a representação do partido. 

O documento ainda afirma que Bolsonaro não tem dado a devido importância à vacinação contra o novo coronavírus, e que o país já "recusou" ofertas de empresas farmacêuticas que quiseram vender o imunizante ao país. Ainda, a legenda alega que o presidente faz "propaganda contra a saúde pública" ao disseminar notícias falsas e sem comprovação cientifica.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco