Vaticano decreta que Igreja Católica não pode abençoar casamento homossexual: "Pecado" - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

16 março, 2021

Vaticano decreta que Igreja Católica não pode abençoar casamento homossexual: "Pecado"


Em um texto de duas páginas, publicado em sete idiomas diferentes, o Vaticano decretou que a Igreja Católica não pode abençoar as uniões de casais do mesmo sexo, pois Deus “não pode abençoar o pecado”. A decisão foi aprovada pelo Papa Francisco e divulgada na segunda-feira (15/3).

Em nota, a Congregação para a Doutrina da Fé (CDF), organismo doutrinário da instituição, diz que qualquer bênção para casamentos entre pessoas do mesmo sexo será considerada ilícita. A Congregação afirma que a união entre um homem e uma mulher é um sacramento ligado ao casamento, e que a bênção não pode ser ampliada para casais do mesmo sexo, mas tenta argumentar que a proibição “não se destina a ser uma forma de injusta discriminação” e sim à defesa do sacramento do casamento.


“Não é lícito dar uma bênção a relacionamentos, ou parcerias, mesmo estáveis, que envolvam atividade sexual fora do casamento (ou seja, fora da união indissolúvel de um homem e uma mulher aberta em si mesma à transmissão da vida), como é o caso das uniões entre pessoas do mesmo sexo”, diz a decisão.

Segundo a instituição, a única exceção é para casais em que uma das pessoas seja homossexual, mas mantém uma união que segue o ideal heteronormativo. “Pessoas com inclinações homossexuais, que manifestem a vontade de viver em fidelidade aos desígnios revelados por Deus” podem ter o casamento abençoado por um padre ou oficial católico.


“A presença em tais relações de elementos positivos, que por si só devem ser valorizados e apreciados, não pode justificar essas relações e torná-las objetos legítimos de uma bênção eclesial, uma vez que os elementos positivos existem no contexto de uma união não ordenada ao Criador plano”, diz o texto.

"Deus não abençoa e não pode abençoar o pecado: Ele abençoa o homem pecador, para que ele reconheça que faz parte de seu plano de amor e se permita ser mudado por ele”, completa, reforçando que qualquer união que envolva relações sexuais fora do casamento não pode ser abençoada.


Nas redes sociais, a aprovação do Papa Francisco pegou os internautas de surpresa pois a posição é oposta a falas recentes do pontífice. No documentário Francesco (2020), de Evgeny Afineevsky, o papa afirmou que: "Pessoas homossexuais têm o direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família" inclusive.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco