Bahia não tem autorização para reduzir período entre doses de vacina, diz Sesab - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

13 julho, 2021

Bahia não tem autorização para reduzir período entre doses de vacina, diz Sesab


 

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) afirmou, nesta terça-feira, 13, que a Bahia não tem recomendação de diminuir o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina AstraZeneca contra a Covid-19, em nota enviada. O anúncio ocorre no momento em que o Distrito Federal (DF), em decisão tomada na segunda-feira, 12, autoriza a redução do tempo de aplicação das doses do imunizante, mesmo sem a orientação do governo federal. O intervalo mais curto visa aumentar a segurança contra a variante delta do coronavírus e já foi adotado em sete estados.


A bula da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 recomenda o intervalo de quatro a 12 semanas entre as doses. O Ministério da Saúde atualmente orienta a aplicação no intervalo máximo da bula, dentro de três meses, mas os gestores dos locais que optaram pelo menor período justificam que a medida aumenta a velocidade de imunização e gera maior proteção contra a disseminação da variante delta do novo coronavírus.

Cenário

Até o momento, já divulgaram a redução do intervalo entre as doses da AstraZeneca o Distrito Federal (para 60 dias), Pernambuco (para 60 dias), Ceará (60 dias), Acre (45 dias), Espírito Santo (70 dias), Piauí (70 dias), Santa Catarina (70 dias) e Mato Grosso do Sul (60 dias).


Apesar do movimento de redução do período entre as duas doses, no caso da Bahia, a diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Flávia Bravo, alerta que manter o maior tempo entre as aplicações pode ser o ideal.

"A AstraZeneca tem essa flexibilidade de tempo entre a primeira e a segunda dose, que vai de quatro a 12 semanas. No entanto, a resposta imunológica do corpo pode ser melhor com o maior intervalo. Além disso, o igual período para as aplicações de doses facilita a organização do plano de imunização, reduzindo erros de contagem. Em estados como a Bahia, onde existe a limitação de doses e a aplicação passa a sofrer suspensões, o prazo mais estendido permite a melhor organização da vacinação", diz Bravo.


Em Salvador, a Prefeitura tem antecipado a segunda dose da vacina contra a Covid-19 de forma pontual. Hoje, todas as pessoas que estão com a data de reforço da vacina programada até o dia 18 deste mês já podem procurar os pontos de imunização. Os horários e locais de vacinação contra a Covid-19 estão disponíveis no site oficial da SMS.

Ainda segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, divulgados ontem, 21 mil pessoas estão com o reforço atrasado na capital baiana. O total de 1.630.509 pessoas estão vacinadas em Salvador, com 513.974 totalmente imunizadas.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco