Comissão da Câmara adia votação da PEC do voto impresso para agosto - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

17 julho, 2021

Comissão da Câmara adia votação da PEC do voto impresso para agosto


A comissão especial criada pela Câmara dos Deputados para analisar o voto impresso obrigatório - já nas eleições de 2022 - adiou, nesta sexta-feira (16/7), a votação para depois do recesso parlamentar, que vai do dia 18 ao dia 31 de julho. 


A decisão foi anunciada pelo presidente da comissão, Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), em meio a protestos de deputados da oposição e independentes, que defendiam que a votação fosse feita nesta sexta. 


A votação só foi adiada depois que o relator do projeto, o deputado Filipe Barros (PSL-PR) pediu para Paulo Martins um tempo para fazer ajustes no texto. O pedido foi acatado e a votação ficou marcada para a próxima sessão legislativa, que acontece depois do recesso, em agosto.


A perspectiva era de que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) pudesse ser derrotada na comissão caso fosse a voto nesta sexta. Por esse motivo, a oposição resistiu ao adiamento.


A PEC é uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que afirma que o sistema de urnas eletrônicas não é seguro, embora ainda não tenha apresentado provas de fraudes nas eleições anteriores. Na semana passada, ele chegou a ameaçar a realização das eleições caso o voto impresso seja negado.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco