Lava do vulcão nas Canárias destrói casas, mas não há previsão para novas erupções - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

20 setembro, 2021

Lava do vulcão nas Canárias destrói casas, mas não há previsão para novas erupções

A lava do vulcão Cumbre Vieja que entrou em erupção no domingo, 19, na ilha espanhola de La Palma, no arquipélago turístico das Canárias, destruiu várias casas - informaram as autoridades nesta segunda-feira, 20. Primeira a ser registrada nesta ilha em 50 anos, a erupção provocou a retirada de quase 5.000 pessoas.

Você viu? Ao ter atendimento solicitado por conjacuipense Central da SAMU da como resposta “SAMU não é Uber": Entenda


"São muitas as casas destruídas", disse à AFP um porta-voz do governo regional das Canárias, acrescentando que "não há um número estabelecido ainda".

Em entrevista à televisão pública, o prefeito de El Paso, uma das localidades afetadas, afirmou que pelo menos "20 casas" foram destruídas.


"Em sua passagem, a lava não deixou absolutamente nada", descreveu o prefeito Sergio Rodríguez, acrescentando que os moradores "têm muita incerteza".

A imprensa espanhola estimou que pelos menos 100 residências foram atingidas pelo material expulso pelo Cumbre Vieja. A erupção começou no domingo, pouco depois das 15h locais (12h em Brasília).

O governo regional das Ilhas Canárias disse na manhã desta segunda, no Twitter que não há previsão de novas erupções no momento, já que os fluxos de lava agora seguem "em direção ao mar".


Segundo o presidente das Canárias, Ángel Víctor Torres, o vulcão Cumbre Vieja teria entre 17 e 20 milhões de metros cúbicos de lava. "Segundo a comissão técnica, tudo parece indicar que não haverá novos pontos de erupção", acrescentou Torres, que reiterou que a "segurança" dos habitantes está "garantida".

O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, adiou sua viagem a Nova York prevista e se deslocou para La Palma. Está lá desde a noite para acompanhar a evolução das operações.

O vulcão Cumbre Vieja ficou sob estrita vigilância há uma semana, devido a uma forte recuperação de sua atividade sísmica. A última erupção na ilha de La Palma foi há 50 anos, em 1971.


Em chance ínfima, vulcão poderia causar tsunami na Bahia

Esse é o vulcão que poderia entrar em erupção e em uma chance ínfima atingir a costa nordestina e causar um grande tsunami. Na última semana, relatos acerca da possibilidade viralizaram, mas cientistas afirmam que possibilidade não tem base científica e há poucos motivos para preocupação entre os brasileiros.

"Para que ocorresse um tsunami de grande magnitude, isso no pior dos cenários, seria necessário que, em função da atividade vulcânica, parte do arquipélago escorregasse para o mar, o que geraria uma onda de grandes proporções que se propagaria para o oceano", explicou o titular do departamento de Oceanografia do Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia, professor José Maria Landim Domiguez.


Já o meteorologista da Codesal, Giuliano Carlos Nascimento, explica que a ocorrência de tsunamis tem relação com o deslocamento de placas tectônicas, sendo que não há condições propícias para o fenômeno, caso ocorra, atinja Salvador. De acordo com ele, os países latino-americanos, situados na costa do Oceano Pacífico, a exemplo do Chile, têm maior probabilidade de serem atingidos pelo fenômeno.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco