Operação dos Bombeiros, Marinha e Aeronáutica busca avião bimotor que caiu no mar com 3 a bordo na região de Ubatuba - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

25 novembro, 2021

Operação dos Bombeiros, Marinha e Aeronáutica busca avião bimotor que caiu no mar com 3 a bordo na região de Ubatuba

Buscas são feitas desde a madrugada desta quinta-feira (15) entre o litoral paulista e fluminense. Voo saiu às 20h30 de Campinas e pousaria no Aeroporto de Jacarepaguá.


Uma operação que envolve o Corpo de Bombeiros, Marinha e Aeronáutica faz buscas por um avião bimotor que caiu em mar aberto nas proximidades de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo.


O avião desapareceu por volta das 21h desta quarta-feira (24). Segundo a mãe do copiloto, identificado como José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos, havia três pessoas a bordo: José, o piloto e um tripulante.


O voo saiu às 20h30 do Aeroporto dos Amarais, em Campinas, e pousaria no Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. A última referência de localização da aeronave foi em área de mar aberto em Ubatuba.


As buscas foram iniciadas durante a madrugada desta quinta-feira (25). O Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico de Curitiba, da Aeronáutica, informou que foi notificado sobre o desaparecimento da aeronave de prefixo PP-WRS e que às 4h15 desta quinta-feira (25), um helicóptero iniciou uma varredura pela região.


No início da manhã, foram localizados destroços com probabilidade de serem da aeronave desaparecida. A localização foi repassada aos órgãos de busca marítima e os voos continuam.


Desde o início da manhã, uma lancha, tripulada por quatro bombeiros, está auxiliando nos trabalhos. Segundo o Corpo de Bombeiros, um pescador que estava no mar na noite anterior informou a corporação que viu um avião passando em baixa altitude no sentido de Ponta Negra, já em Paraty.


A família do copiloto também alugou um barco e procura pelo avião em alto mar.


A TV Globo inicialmente tinha apurado com o Corpo de Bombeiros, durante a madrugada, que a aeronave tinha desaparecido na região de Paraty e Trindade, na Costa Verde do RJ — vizinha à de Ubatuba. A corporação atualizou o local da queda na manhã desta quinta (25).


Família de copiloto acompanha buscas

Pela manhã, a família do copiloto chegou a Paraty — onde equipes dos bombeiros e da Capitania dos Portos auxiliam nas buscas — e alugaram um barco por conta própria.


"Chegamos em Paraty por volta das cinco da manhã. Acionamos todos os órgãos para fazerem as buscas. A gente ligou pra Capitania dos Portos e só iam começar as buscas agora pela manhã. Vamos alugar um barco e seguir aonde estão as coordenadas que nos falaram", disse a mãe do copiloto.


A TV Globo inicialmente tinha apurado com o Corpo de Bombeiros, durante a madrugada, que a aeronave tinha desaparecido na região de Paraty e Trindade, na Costa Verde do RJ — vizinha à de Ubatuba. A corporação atualizou o local da queda na manhã desta quinta (25).


Família de copiloto acompanha buscas

Pela manhã, a família do copiloto chegou a Paraty — onde equipes dos bombeiros e da Capitania dos Portos auxiliam nas buscas — e alugaram um barco por conta própria.


"Chegamos em Paraty por volta das cinco da manhã. Acionamos todos os órgãos para fazerem as buscas. A gente ligou pra Capitania dos Portos e só iam começar as buscas agora pela manhã. Vamos alugar um barco e seguir aonde estão as coordenadas que nos falaram", disse a mãe do copiloto.


Bimotor não tinha autorização para táxi aéreo

Segundo consta na Agência Nacional de Aviação Civil, a aeronave, modelo PA-34-220T, pertencia ao copiloto José Porfírio de Brito Júnior.


O avião estava em situação normal, com autorização para realizar voos noturnos, porém, não poderia fazer táxi aéreo.


O bimotor foi fabricado em 1981. Seu Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA) venceria em 6 de agosto de 2022.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco