Kannário manda indireta 15 dias após ser parado em blitz da PM; "meu carro 'tá' nos grupos de uns otários. Podem vir me pegar"


O cantor e deputado federal Igor Kannário mandou uma indireta, por meio das redes sociais, destinada aos policiais que fazem blize. A fala, publicada no sábado (18/12), aconteceu 15 dias depois que ele foi parado por policiais militares na BA-526 (Cia-Aeroporto) e precisou ficar dentro do veículo por estar dirigindo sem Carteira de Habilitação. 

 

"Para vocês que pensou [sic] que 'ia' me pegar. Meu carro 'tá' no grupo de uns otários aí. Podem vir me pegar. Um passarinho me contou que a placa do meu carro está em um grupo aí. A mensagem diz assim: ''atenção, quando avistarem esse veículo, saiba que o condutor [...] Parem ele!' Podem parar", desafia o parlamentar.

No vídeo, o cantor chega a ser vangloriar por estar lado do seu motorista, que, de acordo com o artista, é habilitado. Kannário fez um show em Alagoinhas, a 125 km de Salvador, na noite de sábado. 

 

BLITZ E SEM HABILITAÇÃO 

Durante a abordagem na Cia-Aeroporto, Kannário precisou ficar dentro do automóvel que conduzia porque, de acordo com a lei brasileira, ele não poderia ser revistado por ser uma autoridade federal.

Na oportunidade, ele gravou um vídeo. "Tô parado em uma blitz. Mas dizem que na hierarquia, no negócio do tal do poder ai, um policial normal não pode revistar um deputado federal. Não que eu esteja me glorificando com isso, mas dizer que é ruim, eu também não vou dizer que é ruim", disse.

 

As imagens foram gravadas enquanto o grupo "esperava um habilitado" para conduzir o carro durante o restante da visgem. Em outro vídeo ele chegou a admitir que nunca teve habilitação.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem