Camarão não mastigado causou problema de Bolsonaro, diz médico - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

5 de jan. de 2022

Camarão não mastigado causou problema de Bolsonaro, diz médico

Má alimentação durante férias causou a obstrução intestinal do presidente


Com um intestino frágil e propenso a problemas, o presidente Jair Bolsonaro precisou ser internado após não mastigar direito o camarão que comia durante as suas férias em Santa Catarina para curtir o final de ano. A informação foi compartilhada por ele próprio e pelo seu médico, o Dr Antonio Luiz Macedo. 

"O camarão não foi mastigado, é o que ele tá explicando. A gente pede pra que todos fazerem o que a gente faz: mastigar 15 vezes cada garfada", disse em coletiva de imprensa, o médico que acompanha o presidente desde 2018.

 

Bolsonaro ainda brincou com a situação. "Eu não almoço, eu engulo. A peixada tinha uns camarõezinhos também, comi e mastiguei o peixe e comi o camarão", falou. 

De acordo com Macedo, Bolsonaro precisará de uma dieta especial e exercícios físicos nas próximas semanas. "O presidente está com a saúde mto boa, se recuperando rapidamente. Quando cheguei [no hospital], o intestino estava começando a funcionar e no dia seguinte já estava funcionando. O presidente vai fazer uma dieta especial por uma semana e caminhadas", falou. 

 

Bolsonaro precisou ser internado na madrugada de segunda-feira, 3, no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, após sofrer com uma obstução intestinal. Em julho, o presidente também ficou internado com o mesmo problema. 

"Normalmente nestes quadros nós não operamos direto, se faz uma sonda gástrica, hidratação nasoenteral. Como tem uma saúde graças a Deus muito boa, recupera rapidamente, tanto que no dia que eu cheguei, o intestino ainda estava começando a funcionar e no dia seguinte já estava bem", afirmou Macedo, que saiu das férias nas Bahamas para acompanhar o presidente. 

 

Críticas por férias

Em coletiva logo depois de ter alta médica Jair Bolsonaro (PL), negou que tenta tirado férias em Santa Catarina e apontou que foram apenas dias de descanso. O chefe do Executivo foi muito criticado por curtir enquanto a Bahia passava pelo seu maior desastre natural dos últimos anos. 

"Fizemos coisas fantásticas ao longo desses dias que dificilmente outro governo estaria fazendo. O presidente não tem férias. É maldoso quem fala que estou de férias. Eu dou minhas fugidas de jet sky. Dou lá uns cavalos de pau no Beto Carreiro", afirmou. 

 

Bolsonaro saiu de férias desde o dia 27 de dezembro e só pretendia voltar ao trabalho no dia 4 de janeiro. Na ocasião, ele andou de jet ski, promoveu aglomerações, andou de carro esportivo e apontou que não queria precisar ter que interromper o momento para resolver problemas do Brasil.

Nenhum comentário:

Post Top Ad

ANUNCIE CONOSCO