Header Ads

Depois de menino de 5 anos cair de prédio, justiça determina afastamento de pai

Pedido de medida protetiva e revisão de guarda compartilhada foram acatados



Depois que um menino de 5 anos caiu do terceiro andar de um prédio na cidade de Itabuna, no sul da Bahia, na última terça-feira (17). a justiça decidiu manter o pai da criança afastado e determinou por uma medida protetiva. A justiça ainda acatou o pedido do Conselho Tutelar para revisar a guarda compartilhada do garoto.

Segundo a determinação da Vara da Criança e do Adolescente, o pai do garoto, Luan Oliveira, deve ficar a 500 metros do menino Benjamim Oliveira. O garoto vai permanecer com a mãe até o final da perícia. Horas após a queda, mãe e tia do menino denunciaram o pai da criança por negligência, no Conselho Tutelar da cidade. Elas também afirmaram que o homem agredia o filho.

Nesta quarta, Luan Oliveira contou que deixou o filho em casa sozinho para ir no supermercado, mas pretendia não demorar no local. A criança dormia no quarto. O pai ainda negou qualquer agressão e sua defesa afirmou que vai recorrer da decisão; 

Com a queda, o garoto fraturou a costela e outras partes do corpo. Benjamin está hospitalizado e seu estado de saúde é estável.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.