Empresário é preso em mansão de Lauro de Freitas durante investigação de grupo envolvido em fraudes de escrituras de terrenos


Um empresário foi preso em flagrante, na manhã desta terça-feira (25/1), por policiais civis da Assessoria Executiva de Operações de Polícia Judiciária (AEXPJ), após cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma mansão localizada em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador.


De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, a ação faz parte da Operação Looping, liderada pela Polícia Civil do Distrito Federal, e contou também com o suporte da Coordenação de Operações Especiais (COE). 


O empresário foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Com ele, foi encontrado um revólver calibre 38 sem registro. A investigação apura atividades de um grupo criminoso que fraudava procurações e escrituras de terrenos de alto valor imobiliário. 


"Dando apoio à PCDF, cumprimos mandados de busca e apreensão em Lauro e em Salvador. Nos locais, recolhemos eletrônicos e documentos que irão ajudar nas investigações", explicou o coordenador da AEXPJ, delegado Jorge Figueiredo. 


O preso foi encaminhado para o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), onde segue custodiado, à disposição do Poder Judiciário. 

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem