Foto de ator de 'Pantera Negra' aparece em lista de suspeitos de chacina no Ceará; "sistema racista", acusam


Uma foto do ator estadunidense Michael B. Jordan - mais conhecido no Brasil por interpretar o vilão Killmonger, no filme Pantera Negra - foi parar em um inquérito policial no Ceará. A informação foi divulgada pelo Diário do Nordeste nessa quinta-feira (6/1).


A imagem do artista foi incluída em um Termo de Reconhecimento Fotográfico da Polícia Civil do Ceará (PC-CE), no inquérito para investigar a chacina da Sapiranga, que deixou cinco mortos no dia 25 de dezembro do ano passado, em Fortaleza, no Ceará.


Em nota à imprensa, a PC-CE não comentou sobre a foto de B. Jordan na investigação, mas disse que o reconhecimento fotográfico "é apenas uma das etapas que podem levar ao indiciamento de um acusado". Falou, ainda, que "o trabalho policial juntou elementos comprobatórios por meio de provas técnicas, através de perícias, e testemunhais". Até o momento, 28 pessoas envolvidas no crime foram identificadas.


Nas redes sociais, diversas pessoas acusaram racismo na situação. "Por reconhecimento fotográfico que vários inocentes são presos, e por incrível que pareça, nunca são brancos", disse uma jovem no Instagram. "Bom que já dá pra saber o foco da polícia do Ceará, disse um rapaz.


Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018, no Rio de Janeiro, e o cantor e empresário Evandro Fioti, irmão do rapper Emicida, também comentaram em uma publicação no Instagram do Notícia Preta. "Cada dia pior", disse a primeira. "País racista! Sistema racista", comentou o segundo.


Não se sabe, até agora, se o ator tem conhecimento do ocorrido.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem