Homem é encontrado morto e cercado por mais de 120 cobras de várias espécies


Um homem de 49 anos foi achado morto dentro de casa no estado de Maryland, nos Estados Unidos, na quinta-feira (20/1). A causa da morte ainda não foi declarada, mas cerca de 125 cobras de diversas espécies, tanto venenosas quanto não venenosas, foram encontradas no imóvel.


Segundo o New York Post, a polícia do condado recebeu a denúncia de um vizinho que percebeu que o homem estava sozinho e caído inconsciente no chão da sala. Ao chegar no local, os agentes constataram a situação e encontraram as cobras.


O vizinho contou que não sabia da existência dos répteis, o que pode significar que a "coleção" era irregular. Apesar disso, a porta-voz da polícia, Jennifer Harris, disse em entrevista ao WUSA9 que os animais estavam catalogados, etiquetados e presos, não havendo risco de que nenhum deles tenha fugido para outras casas. "É a maior coleção de cobras que o chefe de controle animal desse distrito já viu na vida", contou.


A maior das cobras era uma píton burmanesa de 14 pés de comprimento, ou seja, cerca de 4,2 metros. O corpo do homem foi levado pela perícia e passará por autópsia para determinar a causa da morte.


CONFIRA A ENTREVISTA (EM INGLÊS)

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem