Padrasto é condenado a 30 anos por espancar e matar bebê

Um homem acusado de espancar e matar um bebê de 1 ano em  Belo Horizonte, foi condenado a 30 anos de prisão nesta última quinta-feira (3).

O crime aconteceu em 2021, quando a criança foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento Leste com traumatismo cranioencefálico moderado, provocado por uma pisada na cabeça, e apresentava sinais de violência extrema, hematomas nos braços e pernas, nas costas e na face.

O bebê não resistiu aos ferimentos e faleceu na unidade. O pediatra que atendeu a vítima chamou a polícia, e os pais foram detidos.

Segundo informações do site R7, a mãe, que foi denunciada, sabia das agressões, em dos depoimentos ela contou que a criança teria caído do berço, mas os exames de necropsia apontaram fraturas antigas, que comprovaram as frequentes agressões sofridas pelo bebê.  

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem