Últimas Notícias


Síndico diz que festa da Gkay em condomínio de luxo na BA infringe regras; Anitta é uma das convidadas

Segundo Marcelo Dourado, o processo de locação do imóvel não foi informado para a administração do condomínio, "foi uma decisão unilateral do proprietário do lote".


A festa "Lado B do Carnaval", realizada em um condomínio de luxo no litoral de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, infringe regras do residencial, de acordo com o síndico Marcelo Dourado, em entrevista exclusiva ao g1, nesta sexta-feira (18).

"É um evento de cunho comercial, que contraria as normas do condomínio. É uma atividade que é vedada por nossas normas", explicou.

Segundo Marcelo, o processo de locação do imóvel não foi informado para a administração do condomínio.

"Não foi informado para a gente, para o trâmite da administração, ou seja, não conta com o nosso apoio. Foi uma decisão unilateral do proprietário do lote, não sabíamos que seria uma festa desse porte, com comoção nacional", afirmou.

    "Deixaram [o evento] como sigilo, mas em algum momento a verdadeira face da festa viria à tona, porque é para publicidade, para exibição de marcas, então reforço o cunho de ser um evento comercial".

A administração do residencial decidiu recorrer à Justiça para fazer valer as regras. Além disso, o local é uma Área de Proteção Ambiental (APA), e este é o período de defeso e desova das tartarugas marinhas nas praias do condomínio. Com isso, a estrutura do evento tem "potencial para comprometer o ciclo de desova das tartarugas marinhas".

"A estrutura gerou uma luz difusa que vai para a praia e essa luz é prejudicial para a tartaruga, que procura a escuridão para desovar", disse.


Marcelo também citou o prejuízo à segurança, o sossego e a saúde dos vizinhos.

"Os moradores reclamaram do barulho da festa, das luzes e a festa vai até março, com escola de samba e celebridades que vieram para cá. [O evento] gerou comoção interna [entre os moradores], porque não aceitamos convenções desse tipo", destacou.

    "Não temos nada contra os convidados que estão aqui. A questão é que somos uma área de preservação ambiental muito grande, então prezamos muito por isso", afirmou.


Segundo Marcelo, o condomínio tem, inclusive, um plano urbanístico para manter a preservação do local.

"Nossa equipe é formada por biólogos e outros profissionais da área ambiental para fiscalizar a ocupação de solo como, por exemplo, quando alguém deseja construir um imóvel".



Justiça suspende festa


A Justiça da Bahia determinou a suspensão da festa, mas até a tarde desta sexta-feira, os famosos seguiam na mansão. Entre eles estão a cantora Anitta e influenciadores digitais, como Gkay, Pequena Lo e Rafa Uccman.

O "Plano B do Carnaval" já teve atrações nos dias 16 e 17, e teria também nesta sexta e nos dias, 26, 27 e 28 de fevereiro, além de 1º e 2 de março. A Justiça estabeleceu pena de multa diária de R$ 50 mil, caso o evento seja realizado.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem