Header Ads

Conselho tutelar de Conceição do Jacuípe divulga nota de repúdio e alerta para medidas de intervenção em redes escolares

Violência entre alunos eleva preocupação do poder público e órgãos como o Conselho Tutelar

Bereu News

Imagens e vídeos tem circulado nas redes sociais e mostram conflitos entres estudantes no município de Conceição do Jacuípe. O problema vem se agravando com rapidez, sendo necessária uma atuação conjunta com outras esferas da sociedade.


O Conselho tutelar divulgou uma nota de repúdio na noite desta quinta-feira (24/3), referente a crescente onda de violência envolvendo do município de Conceição do Jacuípe. 


Confira:

NOTA DE REPÚDIO

O Conselho Tutelar de Conceição do Jacuípe, sendo o órgão de efetivação de Direitos das Crianças e Adolescentes da nossa cidade repudia toda e qualquer situação de violência e discurso de ódio que se exista no púbico infanto-juvenil, diante do cenário e os conflitos entre estudantes ao qual estão se envolvendo recentemente nessas situações. Haverá intervenções diante de todas as escolas, como atribuído a lei 8.069 de 1990 em especial ao artigo Art.4º é dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos a estes. Medidas serão tomadas na nossa cidade de acordo a necessidade, cabendo a todos nós a responsabilidade do zelo. Atenciosamente, Conselho Tutelar.


Não pode substituir o papel que cabe à escola e à família no processo educacional de crianças e adolescentes, mas também não deve ignorar tais pedidos de socorro. O conselho tutelar tem a função de se reunir com a direção das escolas e se colocar à disposição dentro da esfera de atribuições, na busca de uma solução para o problema e numa perspetiva preventiva.


A violência entre os alunos chegou a ser citado pela prefeita Tânia Yoshida, a qual na oportunidade pediu o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal e Conselho Tutelar para colaborar com a cultura de paz.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.