Filha de Michel Temer diz que foi estuprada durante assalto

 Antonio Cruz/ Agência Brasil

A filha do ex-presidente Michel Temer, Luciana Temer, afirmou que foi vítima de estupro durante um assalto. A declaração foi dada em entrevista à apresentadora Angélica, no canal do Youtube Mina Bem Estar. Essa foi a primeira vez que ela falou publicamente sobre a violência.

“Eu já era adulta. Tinha 27 anos quando sofri um estupro em um assalto. Eu era delegada e havia saído recentemente desse cargo que ocupava em uma delegacia da mulher. A coisa mais natural do mundo seria eu registrar a ocorrência. E eu não registrei. Eu falava: ‘Nunca vão encontrar, para que eu vou me expor?’. Como se eu ter sido vítima de uma violência sexual me expusesse”, contou.

Luciana disse ainda que levou tempo para que ela se sentisse confortável em contrar sobre o estupro aos seus filhos, ficando restrito apenas entre suas irmãs e marido.

“Eu levei muito tempo para contar isso para os meus filhos. Ficou num âmbito muito restrito, familiar. O que é uma idiotice, que não é praticada só por mim, mas também por grande parte das mulheres e dos homens da sociedade”, completou a filha do ex-presidente.

Ela também revelou uma outra violência sofrida, dessa vez, na adolescência, enquanto voltada da escola. “Eu estava voltando da escola e tinha um homem se masturbando em uma rua. Saí correndo, e ‘não aconteceu nada’. Não aconteceu nada? Eu demorei muito tempo para fazer esse trajeto sozinha de novo. Não foi só uma violência que me deixou desconfortável, é um crime previsto no Código Penal”.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem