'Hipster da Federal' morre após invadir casa e ser baleado por morador

Ele ficou conhecido nacionalmente em 2016 durante a Operação Lava Jato


O policial federal Lucas Soares Dantas Valença, de 36 anos, que ficou conhecido nacionalmente como "hipster da federal", foi morto na madrugada desta quinta-feira (3) em Goiás. Segundo a Polícia Civil, ele foi baleado após invadir uma casa na zona rural de Buritinópolis.


A Polícia Federal confirmou a morte do servidor e informou que vai se posicionar sobre o caso.


De acordo com o g1, familiares e amigos do agente relataram à Polícia Militar que o policial se encontrava em surto psicótico desde o dia anterior. Lucas teria gritado do lado de fora dizendo que "havia um demônio" na residência, antes da invasão.


No interior da casa estavam o dono, a esposa e a filha do casal de 3 anos. O morador relatou à polícia que ouviu barulhos e uma gritaria com diversos xingamentos. Foi quando a vítima desligou o disjuntor de energia que fica fora da casa e arrombou a porta da sala.


Diante da escuridão e com medo, o morador atirou no policial com uma espingarda. A bala atingiu a barriga. Ele alegou à polícia que agiu em legítima defesa. No entanto, foi preso por posse ilegal de arma de fogo.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem