Alvo de operação é preso após ser encontrado na praia com dançarina de banda de pagode

Ele faz parte da organização criminosa que atua no bairro de Valéria e foi localizado na praia de Ipitanga


O responsável pelo transporte de drogas, armas, transações bancárias e por aplicar golpes em um site de compras e vendas foi preso no final da tarde de quarta-feira (2), durante o desdobramento da Operação Borderline, deflagrada pelo Departamento de Homicídios e Proteção á Pessoa (DHPP). Ele faz parte da organização criminosa que atua no bairro de Valéria e foi localizado na praia de Ipitanga. 


“Ele estava na praia com uma dançarina de uma banda de pagode quando nossos policiais o encontraram, por intermédio do alerta da placa da motocicleta dele”, explicou a diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro. Ao todo, a Operação Borderline cumpriu sete mandados de prisão pelos crimes de homicídios e tráfico de drogas, e localizou mais dois homens, que confrontaram com a polícia e não resistiram. Foram apreendidos, durante a operação, uma pistola calibre 9 mm, um revolver calibre 32, um fuzil calibre .556, farta quantidade de munições de fuzil e diversas porções de cocaína e crack, além de embalagens para acondicionamento das drogas.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem