Bahia tem teste importante de confiança diante do Náutico

Tricolor visita o Timbu nesta sexta-feira, 15, nos Aflitos, em Recife


Com um início de temporada ruim e direito a eliminações nas primeiras fases do Campeonato Baiano e da Copa do Nordeste, o Bahia, aos poucos, parece deixar a desconfiança para trás e dar motivos para o torcedor acreditar que é possível, sim, conseguir o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro.

 

Prova disso é que o Tricolor, após a tormenta do primeiro trimestre, já soma quatro vitórias consecutivas na temporada: Jacuipense (4x1) e Conquista (3x0) pelo Baianão, Sergipe (3x1) pelo Nordestão e Cruzeiro (2x0), em partida válida pela estreia da Série B do Brasileirão, nas quais, ao todo, marcou 12 gols e sofreu apenas dois. 

Nesta sexta, 15, às 21h30, contra o Náutico, nos Aflitos, em duelo da 2ª rodada da Segundona, o Esquadrão tem a oportunidade de provar que virou mesmo a chave na busca do acesso à elite, que embalou de vez na temporada e abocanhar o quinto triunfo seguido para se manter no topo da tabela.

 

Mudança forçada

Para o clássico nordestino, Guto Ferreira não poderá contar com a sua grande estrela na temporada, o atacante Hugo Rodallega, lesionado. A falta que o colombiano fará pode ser representada em números:  o camisa 9 do Tricolor marcou 12 gols e deu duas assistências, nos 14 jogos de 2022.

Porém, para o seu lugar, é provável que o técnico do Esquadrão opte pelo empolgado Vítor Jacaré, que entrou no segundo tempo do jogo contra o Cruzeiro, marcou os dois gols e deu os primeiros três pontos do clube na Série B.

 

Dessa forma, Guto optaria por um ataque leve e de muita mobilidade, já que Jacaré se juntaria a Marco Antônio e a Raí Nascimento. Correndo por fora estão os prata da casa Marcelo Ryan e Ronaldo, além do novato Matheus Davó.

Certo é que o ‘Gordiola’ ganhou mais opções para montar a equipe, já que agora tem também, além de Jacaré e Davó, que estrearam na rodada passada, o meia-atacante Rildo, vindo do Grêmio, e o volante Emerson Santos, que estava no Botafogo-SP.

Nas atividades de de quinta-feira, antes da viagem para Recife, o treinador comandou um coletivo e escalou Jacaré como substituto de Rodallega. Depois do trabalho tático, os auxiliares André Luis e Alexandre Faganello trabalharam bolas paradas e atividades técnica e tática, além de cobranças de faltas frontais e pênaltis.

 

Vantagem tricolor e tabu

Bahia e Náutico já fizeram 39 jogos oficiais na história e o Tricolor tem larga vantagem no duelo: venceu 19, empatou 12 e perdeu apenas oito para o Timbu. Porém, o desempenho do Esquadrão cai muito quando são contados apenas os jogos nos Aflitos: em 18 partidas, ganhou apenas quatro, empatou seis e perdeu as outras oito.

Os dois times se enfrentaram, inclusive, em cinco oportunidades pela Série B e o Bahia nunca saiu vencedor. Foram quatro derrotas e um empate. O último embate entre o Tricolor e o Timbu ocorreu na Copa do Nordeste de 2020. Na ocasião, o Bahia goleou a equipe pernambucana por 4 a 1, com gols de Rodriguinho, Fernandão, Élber e Nino Paraíba. Kieza, que segue no comando de ataque, descontou de pênalti.

 

Náutico terá muitas mudanças

Comandado pelo assistente Dudu Capixaba, após a demissão do técnico Felipe Conceição, o Náutico terá mudanças para receber o Bahia. A tendência é que dois reforços façam suas estreias: o zagueiro Bruno Bispo, no lugar do lesionado Wellington, e o lateral-direito Victor Ferraz, que deve atuar na vaga de Hereda.

 

Náutico x Bahia - 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife-PE, às 21h30

Árbitro:  Rodrigo Batista Raposo (DF)

Assistentes:  Lucas Costa Modesto (DF) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)

 

Náutico - Lucas Perri; Victor Ferraz, Bruno Bispo, Camutanga e Júnior Tavares; Rhaldney, Richard Franco e Juninho (Ewandro); Jean Carlos, Kieza e Robinho. Técnico: Dudu Capixaba

Bahia - Danilo Fernandes; Douglas Borel, Luiz Otávio, Ignácio e Luiz Henrique; Rezende, Patrick de Lucca e Daniel; Raí, Marco Antonio e Victor Jacaré. Técnico: Guto Ferreira

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem