Buffet fecha e é acusado de dar calote em mais de 100 casais que tinham pago até R$ 80 mil

O buffet publicou um post justificando que a pandemia prejudicou os negócios da empresa, obrigando o encerramento das atividades


Mais de 100 casais acusam o Buffet Colonial, que fica em Indianópolis, na zona sul de São Paulo, de calote após a empresa anunciar o encerramento das atividades. No mercado há mais de 54 anos, a casa de eventos anunciou pelas redes sociais, na véspera do feriado de Páscoa, que não atuaria mais no ramo, deixando clientes sem nenhuma orientação. As informações são do G1.

De acordo com a publicação, os casais pagaram até R$ 82 mil para fazer uma celebração no cerimonial.

O buffet publicou um post justificando que a pandemia prejudicou os negócios da empresa, obrigando o encerramento das atividades.

Nos comentários do post, os clientes começaram a se organizar em um grupo para cobrar seus direitos. A fisioterapeuta Beatriz Nari comentou que o casamento dela estava marcado no local para o dia 7 de maio.


“Estou em choque e devastada! Tudo pago para casar em menos de dois meses”, escreveu Gabriele Bessa.


“Meu irmão casou há 10 anos no Colonial e este seria meu ano. Acabei de levar um balde de água fria. Agora é correr atrás do prejuízo e procurar um lugar para realizar meu sonho”, afirmou Raphael Teodoro.

Depois da repercussão do caso, os donos do Buffet afirmaram que estão sendo “acusados, caluniados e até ameaçados” após anunciarem o fechamento do estabelecimento.

A faixada do local de eventos foi pixada na madrugada de segunda-feira (18) com a palavra “golpistas”.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem