Últimas Notícias



Mangueira de gás rompe e cozinheira sofre queimaduras enquanto preparava merenda escolar na BA

Caso aconteceu no município de Barra, no oeste do estado.


Uma cozinheira, identificada como Marli Rabelo dos Santos, de 55 anos, teve 22% do corpo queimado, na quinta-feira (21), durante um incêndio causado pelo rompimento da mangueira do gás, na Escola Municipal Jonas Araújo, na cidade de Barra, no oeste da Bahia.


De acordo com a secretária de Educação do município, Vanúsia Dourado da Silva, a cozinheira preparava a merenda escolar quando foi atingida pelas chamas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e servidora foi encaminhada para um hospital, onde está internada.


Ainda de acordo com a secretária, havia cerca de 300 alunos na instituição no momento do ocorrido. Alguns deles foram atendidos pelo Samu, porque ficaram abalados com a situação, no entanto, dois precisaram ser encaminhados para um hospital para uma avaliação mais detalhada. Eles já receberam alta médica.


Além disso, um das educadoras da escolas, que estava próxima à cozinha, teve uma pequena queimadura no pé. Ela foi liberada após o atendimento.


Segundo informações da filha da cozinheira, a equipe médica mudou a medicação dela, porque a queimadura do braço esquerdo foi mais intensa. Marli tem reagido bem ao tratamento, mas ainda não tem previsão de alta médica.


As aulas foram suspensas no colégio e devem ser retomadas na próxima segunda-feira (25), segundo informações da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer.


A Defesa Civil do município, juntamente com a equipe de infraestrutura, fizeram uma vistoria no local e realizaram ajustes para melhorias do espaço.


Além disso, o local onde será colocado o botijão de gás será reestruturado, para que todas as normas técnicas sejam cumpridas, e o fogão será trocado.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem