Header Ads

Gusttavo Lima se defende sobre acusações de dinheiro público em apresentações; "show de Prefeitura é igual a qualquer outro"


Em live realizada na noite de segunda-feira (30/5), através de seu perfil nas redes sociais, o cantor Gusttavo Lima deu explicações sobre as acusações de uso de dinheiro público para realização de alguns de seus shows. O artista disse estar assustado com toda a repercussão do caso e com a "ação da imprensa".  

Durante a transmissão, feita sem grandes produções, o cantor aparenta estar em casa apenas com seu celular. Afirmando não aguentar tanta pressão, ele afirmou: "Agradeço a tudo que a imprensa já fez pela minha carreira, mas antes de soltar qualquer notícia, nos perguntem antes".

 


 

No trecho inicial, ele alertou para as últimas notícias que saíram sobre seus cachês em shows feitos por contrato com Prefeituras. Gusttavo Lima está envolvido em uma operação recente, aberta pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, para investigar os pagamentos milionários recebidos pelo artista.

Segundo o UOL, um dos shows que seria realizado em Minas Gerais custaria aos cofres públicos, apenas pela apresentação, R$ 1,2 milhão. As investigações são direcionadas ao artista, por suspeita de uma possível contração irregular na Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais.

 

A gestão municipal desembolsaria, ao todo, R$ 2,3 milhões. Em sua live, Gusttavo lima retrucou a informação. "Sobre dinheiro público, não tenho nenhum interesse e repudio quem tem. Trabalho muito para comprar tudo meu em dia e pagar todos meus impostos", completou o artista. 

Gusttavo Lima afirmou estar disposto a ser investigado e que colaboraria com todo o processo. Somado a isso, aproveitou para mandar uma mensagem aos órgãos responsáveis. "Me coloco à disposição de qualquer órgão público, que quiser vistoriar minhas coisas [...] prefiro pagar impostos chorando, e dormir com a cabeça sorrindo".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.