Quatro mil pés de maconha e acampamento são destruídos nas margens do São Francisco

No local, policiais encontraram uma carteira de trabalho e um alvará de soltura de possíveis suspeitos




Uma plantação com 4 mil pés de maconha, localizada às margens do Rio São Francisco, foi destruída por equipes da 25ª Companhia Independente da Polícia Militar da cidade de Casa Nova, no norte da Bahia. Documentos pessoais de possíveis donos da plantação foram encontrados na manhã desta segunda-feira (6). A ação ocorreu durante patrulhamento ostensivo da operação ‘Terra Limpa’.

 

Conforme detalhou o comandante da unidade, capitão Lizandro Santos do Rosário, unidades empregadas na ação, lançada com o objetivo de combater os plantios da erva em toda a região Norte do estado, perceberam uma movimentação estranha de pessoas entrando e saindo de uma área de mata fechada, numa localidade conhecida como ‘Roça dos Padres’.

 

“Sabíamos que algo não estava certo naquele local e determinei que o policiamento fosse intensificado. Infelizmente não conseguimos capturar os suspeitos, mas achamos a roça e lá estavam documentos deixados para trás, que com certeza ajudarão a identificar os homens”, disse.

 


No lugar, os PMs encontraram, além dos pés de maconha de diferentes tamanhos – desde sementeiras até pés prontos para serem colhidos e vendidos, com cerca de dois metros de altura – , uma carteira de trabalho e um alvará de soltura . Fertilizantes, adubo e baldes achados em um acampamento improvisado também foram apreendidos.

Após colherem uma amostra, o plantio foi erradicado e todo material apreendido levado para a Delegacia Territorial (DT) de Casa Nova para  passar por perícia.

Uma plantação com 4 mil pés de maconha, localizada às margens do Rio São Francisco, foi destruída por equipes da 25ª Companhia Independente da Polícia Militar da cidade de Casa Nova, no norte da Bahia. Documentos pessoais de possíveis donos da plantação foram encontrados na manhã desta segunda-feira (6). A ação ocorreu durante patrulhamento ostensivo da operação ‘Terra Limpa’.

 

Conforme detalhou o comandante da unidade, capitão Lizandro Santos do Rosário, unidades empregadas na ação, lançada com o objetivo de combater os plantios da erva em toda a região Norte do estado, perceberam uma movimentação estranha de pessoas entrando e saindo de uma área de mata fechada, numa localidade conhecida como ‘Roça dos Padres’.

 

“Sabíamos que algo não estava certo naquele local e determinei que o policiamento fosse intensificado. Infelizmente não conseguimos capturar os suspeitos, mas achamos a roça e lá estavam documentos deixados para trás, que com certeza ajudarão a identificar os homens”, disse.

 


No lugar, os PMs encontraram, além dos pés de maconha de diferentes tamanhos – desde sementeiras até pés prontos para serem colhidos e vendidos, com cerca de dois metros de altura – , uma carteira de trabalho e um alvará de soltura . Fertilizantes, adubo e baldes achados em um acampamento improvisado também foram apreendidos.

Após colherem uma amostra, o plantio foi erradicado e todo material apreendido levado para a Delegacia Territorial (DT) de Casa Nova para  passar por perícia.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem