Anestesista preso por estupro está sozinho em cela de 36m²

O médico anestesista está em Bangu 8, na mesma cela em que ficou Roberto Jefferson



O anestesista Giovanne Quintella, 31, preso por estuprar uma paciente sedada durante cesárea, foi transferido nessa terça-feira (12) à noite para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, em Bangu 8, e está na mesma cela que foi ocupada pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), que é pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro.


Informações do portal Metrópoles dizem que o anestesista está sozinho na cela de 36 metros quadrados do presídio conhecido por abrigar presos com ensino superior. Ele não precisou raspar a cabeça, mas teve o cabelo cortado para dar entrada na unidade. 


Giovanni foi recebido com hostilidade por outros presidiários. Os homens sacudiram grades, xingaram e vaiaram o médico. Ele permaneceu calado durante todo o percurso, próximo aos policiais penais. 


Ele foi encaminhado para a prisão após a audiência de custódia, que aconteceu nesta terça-feira(12), e terminou com a juíza Rachel Assad decretando a prisão preventiva, sem tempo determinado. A Polícia Civil investiga pelo menos seis estupros cometidos por Giovanni Quintella.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem