Header Ads

Com 13 legendas na coligação, ACM Neto terá apoio de quase metade dos partidos na Bahia

 candidato a governador da BA ACM Neto

 

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) recebeu o apoio de mais dois partidos, que agora integram a sua coligação para as eleições de outubro. Democracia Cristã (DC) e Partido da Mobilização Nacional (PMN) oficializaram nesta semana a sua adesão ao ex-prefeito de Salvador em reuniões realizadas pelas diretorias estaduais das legendas.

Com isso, a base de Neto agora possui 13 partidos, quase metade dos 27 que apoiam algum dos pré-candidatos a governador. Além do União Brasil e do PP, legenda de Cacá Leão, pré-candidato ao Senado, integram a coligação: Republicanos, PSDB, PDT, PSC, Solidariedade, Cidadania, Podemos, PRTB, PTB, DC e PMN.

Em entrevistas recentes, ACM Neto tem destacado a força da aliança política que tem construído para a disputa pelo Palácio de Ondina. “Nunca houve, em toda a história do nosso Estado, uma candidatura de oposição com tanta força como a que estamos organizando”, disse, numa das entrevistas.

Neto, contudo, tem ponderado também que sua principal aliança está com o povo da Bahia. “Tem pré-candidato ao governo da Bahia que fala mais de padrinho político do que de si ou de propostas. Pois eu digo o seguinte: os meus padrinhos são os mais de 10 milhões de baianos que querem mudar o governo porque acreditam que a Bahia não pode mais ser o Estado campeão da violência e último lugar em educação”, ressaltou.

O nome da coligação, assim como a sua composição final, serão revelados na convenção do União Brasil no dia 5 de agosto, sexta-feira, no Centro de Convenções de Salvador, na Boca do Rio, a partir das 9h.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.