Header Ads

Sindicato dos Policiais Civis da Bahia denuncia assédio moral dentro da coorporação e cita casos de suicídio

 O Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC)  emitiu uma nota na sexta-feira (9/7) denunciando "reiterados casos de assédio moral" dentro da instituição. O caso já foi levado a corregedoria da Polícia Civil pelas 13 vítimas.

 



"Desta vez o fato está acontecendo na Delegacia Especializada em Atendimento ao Idoso (DEATI), onde a Delegada Titular da unidade vem expondo os colegas, que já são 13 vitimas a várias situações constrangedoras, humilhante e vexatória. Desqualificando e desmoralizando publicamente os policiais em seu ambiente de trabalho, caracterizando assédio moral, abuso de autoridade e terror psicológico", diz o comunicado.



Ainda de acordo com o sindicato, "como forma de retaliação e intimidação aos demais servidores", uma outra delegada que também teria sido vítima foi removida da unidade. “Após três vítimas serem ouvidas pela Corregedoria, como forma de retaliação e intimidação aos demais servidores, a outra colega delegada também vítima da assediadora foi removida da unidade”, denunciou o presidente do Sindipoc, Eustácio Lopes.

“Aparentemente pouca coisa mudou na instituição, O MANDA QUEM PODE E OBEDECE QUEM TEM JUÍZO, continua sendo um método adotado dentro da PCBA”, continuou. 


 
MORTE

O assédio moral dentro do ambiente de trabalho pode levar a graves doenças mentais, como depressão, podendo evoluir para casos de suícidio.  Isso pode ter acontecido em relação a um profissional de Teixeira de Freitas, no Sul da Bahia. “Nós do SINDPOC estamos muito preocupado e atento a saúde mental desses servidores da DEATI. Temos acompanhado de perto essas situações, para que fatos semelhantes ao que houve em Teixeira de Freitas não venha acontecer. O assédio moral é um dos principais fatores para o adoecimento físico e mental dos nossos policiais , causando, inclusive, suicídio", reclama Lopes

A Polícia Civil comunicou ao Aratu On que está apurando a denúncia. "Os envolvido serão ouvidos e demais medidas estão sendo adotadas para o esclarecimento do caso", disparou a coorporação,

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.