Vítima denuncia quadrilha de mulheres que realiza furto de cartões em Simões Filho

 Vítima denuncia quadrilha de mulheres que realiza furto de cartões em Simões Filho

 

O furto de cartões de crédito e débito tem ganhado força em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. A vítima mais recente estava numa loja de roupas no centro da cidade, no dia 30 de junho. Ela foi em busca de uma camisa, que custava pouco mais de R$ 130, mas o prejuízo chegou a R$ 2.998.

A suspeita é a de que a quadrilha especializada seja composta apenas por mulheres. Elas chegam em lojas de roupas, departamento e criam uma distração para que, no momento do pagamento, a vítima não seja cuidadosa com o cartão.

A equipe da TV Aratu conversou nesta segunda-feira (11/7) com a mulher que teve o cartão furtado no fim do mês passado. Ela deu detalhes sobre a ação das suspeitas em praticar o crime.

"Quando eu cheguei na loja só tinha eu de cliente e logo apareceram mais 3 [mulheres]. Não tinha do que suspeitar. Também olhavam roupas, puxavam conversa... A gente acabou trocando figurinhas. No balcão, eu escolhi a camisa e paguei. Quando eu tava dobrando, colocando na bolsa, a atendente deixou o cartão no balcão. Eu não vi. Voltei pra casa e aí chegou uma notificação. Uma compra de quase R$ 3 mil. Fiquei atordoada", contou.

A vítima então procurou o cartão, não achou e retornou para a loja pedindo ajuda. "Cheguei lá e consegui falar com o dono e fomos ver as imagens das câmeras. A mulher que estava ao meu lado colocou uma outra roupa em cima do cartão, enquanto eu estava distraída, e depois pegou e colocou no sutiã. Ela saiu antes de mim", acrescentou.

A mulher que teve o cartão furtado entrou em contato com o banco e comunicou o crime, solicitando o estorno do valor e cancelamento do cartão. Ela também registrou a ocorrência na delegacia da cidade.

A Polícia Civil não deu detalhes sobre a atuação da quadrilha, nem informou se há uma investigação para identificar e prender as envolvidas.

O débito no cartão da vítima voltou a constar e ela aguarda uma solução do banco para conseguir utilizá-lo.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem