Header Ads

Rui lamenta morte de PM que fazia segurança de Neto e determina apuração imediata


O governador Rui Costa lamentou a morte do sub-tenente da Polícia Militar que fazia a segurança na campanha do candidato ao Governo da Bahia, ACM Neto (União).

“Lamento a morte do subtenente Alves, ontem, em Itajuípe, após confronto no qual outros 3 PMs ficaram feridos. Tão logo tomei conhecimento, determinei às autoridades competentes a imediata apuração e esclarecimento do fato. Manifesto total solidariedade aos familiares das vítimas”, escreveu o governador em sua conta no Twitter.

O sub-tenente Alves e o sargento D’Almeida foram baleados durante operação da PM na cidade de Itajuípe, no Litoral Sul, na noite de terça-feira (27). De acordo com as informações, os dois militares estavam hospedados em um hotel, e fariam a segurança do candidato ao governo da Bahia, que cumpriria agenda de campanha em Coaraci, município vizinho.

Em nota, o Comando da PM afirmou que apura a morte um policial e de um bandido no sul do estado. “O Comando Geral da Polícia Militar informa que está apurando a operação que resultou na morte de um criminoso ligado ao tráfico de drogas e um policial militar que se encontrava desenvolvendo ação particular”, diz trecho do comunicado.

“A operação foi iniciada no município de Itabuna onde aconteceu um primeiro confronto e terminou na cidade de Itajuípe. A PM informou que todas as providências foram tomadas para que o caso seja esclarecido com máxima brevidade para informar ao público com total transparência”, finaliza o Comando da PM em nota enviada.

Por conta do ocorrido, Neto decidiu suspender a agenda desta quarta-feira (28) pelo interior do Estado.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.