Header Ads

Ataque em creche na Tailândia deixa mais de 30 mortos; maioria é de crianças entre 2 e 3 anos de idade


Um homem promoveu uma carnificina em uma creche tailandesa nesta quinta-feira (6/10), conforme publicou o site Uol. A situação deixou ao menos 34 mortos, entre eles, 23 crianças. Segundo a polícia local, o agressor se suicidou depois de matar sua família.

Ainda de acordo com a publicação, o massacre ocorreu na província de Nong Bua Lamphu, no norte da Tailândia. O autor do ataque, identificado como Panya Khamrab, um ex-policial de 34 anos, entrou na creche por volta das 12h30 do local (2h30 pelo horário de Brasília) com uma arma de fogo e uma faca. O Escritório Central de Investigação do país divulgou uma foto do agressor.

O Uol acrescentou que entre as vítimas, estão a esposa e o filho do agressor. As crianças mortas na creche têm entre dois e três anos. Segundo o chefe da polícia de Nong Bua Lamphu, depois do ataque, o atirador fugiu de carro e atropelou várias pessoas no caminho. Logo depois cometeu suicídio.

Os motivos do crime ainda não foram divulgados. A imprensa local indicou que o agressor foi demitido de seu cargo de tenente-coronel no ano passado devido ao uso de drogas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.