Header Ads

Explosão destrói parte de ponte estratégica que liga Rússia à Crimeia

Em momento delicado para as forças da Rússia, que acumulam derrotas nos campos de batalha da Guerra da Ucrânia, uma forte explosão destruiu, neste sábado (8/10), parte da única ponte que conecta o território russo à península da Crimeia, anexada pelo Kremlin em 2014. A estrutura é considerada rota crucial de abastecimento para as tropas de Vladimir Putin no país invadido. A informação foi publicada pela Folha de São Paulo.

Ainda de acordo com a publicação, autoridades russas afirmaram que um caminhão-bomba explodiu, o que provocou incêndio também em sete tanques de um trem que transportava combustível. Ao menos três pessoas morreram, segundo informações preliminares.

Trechos da ponte teriam desmoronado. Considerada um dos símbolos da anexação russa da Crimeia, a gigantesca estrutura rodoviária e ferroviária tem 19 km de extensão e é uma das maiores da Europa.

Após a queda do governo pró-Kremlin da Ucrânia, ressaltou o jornal, a Rússia capturou a Crimeia sem um único tiro em 2014. A ponte foi inaugurada com grande alarde pelo próprio presidente russo, Vladimir Putin, quatro anos depois. A construção foi feita sobre o estreito de Kerch, que separa os mares Negro e de Azov.

Mais do que simbólica, a estrutura representa uma importante rota de abastecimento para as forças do Kremlin em Kherson, no sul da Ucrânia, e para o porto naval de Sebastopol, a principal cidade da Crimeia.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.