BEREU NEWS

MPT apura denúncias de assédio eleitoral na prefeitura de Feira

Cidade tem como prefeito Colbert Martins, aliado de ACM Neto

O Ministério Público do Trabalho (MPT-BA) vai apurar denúncias de quatro funcionários, que relataram ter sofrido assédio eleitoral contra gestores da Prefeitura de Feira de Santana, a 100 km de Salvador. O órgão enviou à gestão municipal uma recomendação sobre direitos, deveres e obrigações dos servidores durante o período do pleito. 

De acordo com o MPT, gestores teriam ameaçado demitir funcionários que não são concursados, bem como os terceirizados, caso não votassem em um determinado candidato. Feira de Santana tem como prefeito Colbert Martins (MDB), aliado de ACM Neto ((União), candidato ao governo da Bahia. 

O MPT ainda apontou que além da cópia do título eleitoral ter sido solicitada aos funcionários, também era exigida a participação dos trabalhadores em carreatas, com uso de adesivo de candidatos. Também foi agendada uma audiência administrativa para esta quinta-feira, 27, para debater o caso.

Em nota, a Prefeitura de Feira de Santana afirmou que "jamais praticou qualquer conduta configurada como assédio eleitoral no âmbito da administração municipal". A gestão argumentou que "não existe um único servidor que tenha sido exonerado ou mudado de cargo e função por retaliação" e que "qualquer denúncia de assédio não passou de uma alegação leviana e sem menor cabimento".

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS
BEREU NEWS