Header Ads

Prefeita de Conceição do Jacuípe diz que vai bater de porta em porta por voto a Jerônimo

Em seu quarto mandato como prefeita de Conceição do Jacuípe, a cerca de 30 quilômetros de Feira de Santana, a prefeita Tânia Yoshida, filiada ao PSD, partido da base do atual governador Rui Costa, surpreendeu muita gente no primeiro turno destas eleições com suas movimentações políticas.

Alegando uma dívida de gratidão ao saudoso ex-senador Antônio Carlos Magalhães e atendendo a um apelo da população de Berimbau, a gestora decidiu romper com o Palácio de Ondina, anunciando apoio ao candidato ACM Neto (União Brasil), ainda que mantendo voto em Otto para o Senado.

Mas não foi por muito tempo. Após o resultado do segundo turno ,que apontou vantagem de Jerônimo sobre o ex-prefeito de Salvador na corrida eleitoral, Tânia Yoshida decidiu retornar para a base, onde disse se sentir em casa.

Durante a sua live semanal, a líder municipal justificou o apoio ao postulante petista nesta reta final de campanha, pontuando que não se trata de uma traição, mas um realinhamento com os seus líderes partidários, pensando em Conceição do Jacuípe.

“Eu sei que todo mundo está esperando uma explicação minha, mas quero dizer que não me sinto traindo ninguém ou mudando de lado. Estive apoiando os deputados e o senador do PSD, e todos sabem que sou Lula e voto em Lula. Para governador que eu me emocionei, existia realmente uma amizade muito grande (com ACM Neto), mas não posso me dar o luxo de votar por amizade. Tenho que votar pensando na minha cidade. No dia 4, dia do meu aniversário, recebi uma ligação do governador Rui Costa, perguntando se eu poderia conversar com ele, e eu fui e me senti muito bem por encontrar meus líderes do PSD. Me senti mais motivada a trabalhar e agora tenho o dever de bater de porta em porta para pedir voto para Jerônimo e Lula”, disse.


DECOM/ PMCJ

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.