Header Ads

Coronel Coutinho é nome avaliado para secretário da Segurança da Bahia; PM também pode ter novo chefe

      Créditos da foto: Alberto Maraux/divulgação SSP
 

Um nome estado na cadeira máxima da SSP é uma antiga demanda das Polícias Militar e Civil.

Os nomes que podem comandar órgãos ligados à Segurança Pública da Bahia no novo governo do estado, que começa em 2023, já começam a ser ventilados. Apuração da reportagem do portal nesta sexta-feira (18/11) aponta que já surgem favoritos para assumir a titularidade da SSP e o comando-geral da Polícia Militar. 


Fontes ligadas à PM dizem que o atual comandante, coronel Paulo Coutinho, tem se colocado para ser titular da SSP. Hoje, o secretário é o juiz federal aposentado Ricardo Mandarino. 


Um nome estado na cadeira máxima da SSP é uma antiga demanda das Polícias Militar e Civil, já que os últimos foram delegados da Polícia Federal: Paulo Bezerra (até 2008), César Nunes (até 2011), e Maurício Barbosa, que saiu em 2020 após ser envolvido na "Operação Faroeste".


Na PM, as mudanças também devem acontecer no governo de Jerônimo Rodrigues, sem grandes novidades. O atual subcomandante da corporação, coronel Nilton Machado, é cotado para ser o comandante-geral. O chefe de operações policiais militares, coronel Manoel Xavier, poderá, com esse movimento, assumir o subcomando. 


Além disso, o portal também apurou que o atual comandante de Policiamento da Capital/Atlântico, coronel Antônio Souza Sampaio, poderá assumir a chefia da casa militar do governador. 


Apesar de todas as movimentações, o governador eleito, Jerônimo Rodrigues (PT), vem defendendo em várias entrevistas que não vai tratar, pelo menos até o início de dezembro, sobre especulações relacionadas ao seu secretariado. 


Aratu On

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.