Header Ads

Terra atinge marca de 8 bilhões de pessoas nesta terça, com aumento da população idosa


Créditos da foto: ilustrativa/Pixabay


O marco foi estimado e anunciado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em meados deste ano

O planeta Terra atinge, nesta terça-feira (15/11), a marca de 8 bilhões de habitantes. Para (tentar) ter uma noção, a quantidade lotaria mais de 160 mil estádios do tamanho da Fonte Nova; ou povoaria cerca de 37 'Brasis'.


O marco foi estimado e anunciado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em meados deste ano, embora haja diminuição do ritmo de crescimento. Em contrapartida, nota-se um aumento das populações idosas de diferentes nações.


Conforme o relatório World Population Prospects 2022, da ONU, a expectativa de vida mundial atingiu 72,8 anos em 2019, o que representa um aumento de quase nove anos desde 1990. Mesmo caindo para 71 anos, em 2021, como reflexo da pandemia, a projeção é de que a longevidade média global chegue a 77,2 anos em 2050. 

As Nações Unidas também estimam que, até a metade do século, o número de pessoas com mais de 65 anos será maior que o dobro do número de crianças menores de 5 anos.


Em entrevista à CNN, o doutor em demografia e pesquisador aposentado do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), José Eustáquio, disse que a população idosa mundial vai triplicar. "Hoje, nós temos 1,1 bilhão de idosos, de 60 anos ou mais, no mundo. Em 2100 chegaremos em 3,1 bilhões".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.