Header Ads


IBGE: Pobreza no Brasil bate recorde em 2021; Nordeste tem maior proporção

     Agência Brasil


Foram os maiores índices percentuais identificados pelo IBGE desde o começo do levantamento, em 2012

A pobreza no Brasil bateu recorde em 2021, no segundo ano da pandemia de Covid-19. Aproximadamente 62,5 milhões de pessoas eram consideradas pobres (29,4% da população), de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (2) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).


De acordo com o Banco Mundial, 8,4% da população era considerada extremamente pobre. Foram os maiores índices percentuais identificados pelo IBGE desde o começo do levantamento, em 2012.


Segundo o IBGE, a quantidade de crianças menores de 14 anos abaixo da linha da pobreza atingiu 46,2%, em 2021, sendo esse o maior percentual da série. 

A região Nordeste possui o maior número de pessoas na linha da pobreza com 48,7%, seguida do Norte com 44,9%.


Ainda de acordo com o IBGE, o percentual de pretos e pardos abaixo da linha da pobreza chega a 37,7%. Enquanto a quantidade de brancos é praticamente a metade (18,6%).

O rendimento domiciliar per capita teve uma queda em 2021, chegando ao valor de R$ 1.353, o menor nível desde 2012.


Siga o Bereu News no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.