Suposto traficante de Salvador comemora morte com fogos e tem o mesmo destino que rival

     Reprodução/RecordTV 
 

O suposto traficante foi morto em frente ao seu próprio negócio na Estrada da Rainha

Um dono de um ferro-velho, identificado como “Minho” (à esquerda), foi morto a tiros na noite de segunda-feira (16) em frente ao próprio negócio, na Estrada da Rainha, Baixa de Quintas, em Salvador. De acordo com a TV Record Itapoan, a vítima, que seria um traficante do bairro Barbalho, foi assassinada porque comemorou a morte de um rival soltando fogos de artifício.

O homem foi executado por uma dupla que chegou no local do crime a bordo de um carro de cor preta. Ele tentou correr em direção à Via Expressa, mas acabou sendo atingido pelos disparos. Populares que presenciaram o crime acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou o suposto traficante para o Hospital Geral do Estado (HGE). Ele não resistiu aos ferimentos provocados pelos projéteis da arma de fogo e morreu na unidade de saúde.


Ainda de acordo com a afiliada da Record na Bahia, o desafeto de Minho, um traficante de alcunha Sabidão, que carregava em sua ficha criminal mais de 50 homicídios, foi morto durante uma troca de tiros com policiais militares na semana passada. No mesmo dia, seu rival teria sido visto soltando fogos.

A Polícia Militar diz que além do suposto traficante, uma outra pessoa também foi baleada, socorrida e levada na mesma ambulância do Samu para o HGE. Não há informações sobre a relação do ferido com Minho, e nem o estado de saúde dele. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.