BEREU NEWS

De super-herói a freira, foliões usam criatividade em fantasias no Habeas Copos

Foto: Elson Barbosa/iBahia


Festa acontece no circuito Sérgio Bezerra, entre o Farol da Barra e o Cristo, nesta quarta (15)

O circuito Sérgio Bezerra,  entre o Farol da Barra e o Cristo, ganhou cores e sons na noite desta quarta-feira (15), para a última festa pré-carnaval, o Habeas Copos. Com fanfarras e bandinhas, a folia que antecede a abertura oficial do carnaval na quinta (16), tem também como característica a criatividade dos foliões com as tradicionais fantasias.

 Para Claudia Manoela, de 48 anos e moradora da Barra, o momento é de celebração após dois anos sem a festa. Ela escolheu ir vestida de freira, como uma forma de representar a paz e pedir por um carnaval não violento.

Foto: Elson Barbosa/iBahia

“Curtir fantasiada de freira porque tem dois anos que a gente não sai, tem muita violência. Tá faltando amor e nós viemos trazer tudo isso para a avenida”, disse ao iBahia.

O Habeas Copos também tem a tradição ser um desfile de encontros, tanto de amigos quanto de familiares. Abnajara de Barros, moradora da Fazenda Grande do Retiro, esteve na festa para aproveitar com os filhos, e ressaltou a importância de mostrar a cultura baiana aos mais novos.

“Acho muito importante, primeiramente, ressaltar a cultura. As crinças poderem brincar, tranquilamente para que as crinças que tenham menos dificuldade, poder curtir livremente e resgatar a infância. Trago todo ano”, disse ela, que fantasiou os filhos de Jasmine e princípe.

Ela explicou que escolheu as fantasias para que os filhos possam vivenciar a experiência de ser o que quiser.

“A esperança e a magia do poder viver outra vida. Poder ser outra coisa. Hoje ela pode ser a princesa Jasmine e ele pode ser o príncipe”, disse sobre a escolha.

Foto: Elson Barbosa/iBahia

Claudio Barros, que vai todo ano ao Habeas Copos, escolheu esse ano sair fantasiado de super-herói. Vestido de “Thor”, personagem da Marvel, ele aproveitou o circuito com amigos.

“Todo ano é uma fantasia nova. Esse ano é super-herói. A gente já saiu de baiana…todo ano a gente vai renovando”, contou Claudio, que diz participar todos os anos do Habeas Copos.

Foto: Elson Barbosa/iBahia

E numa festa tão tradicional, também não poderia faltar os palhaços. A tradicional fantasia foi incorporada pelos foliões, em especial para Alexandre Monte, palhaço profissional há 23 anos.

Conhecido como Palhaço Doutor Peteleco, ele é natural de Pernambuco mas há 17 anos mora na capital baiano. Com o amigo, o também palhaço Melão, eles usam a festa para levar mais alegria.

Foto: Elson Barbosa/iBahia

“Há 23 anos eu sou palhaço profissional e levo isso para o carnaval. Eu saio todos os dias. […] É para levar alegria, paz, descontração, paz, harmonia e amor para o carnaval de Salvador”, destacou ele.

Já Carlos Câmara, de 54 anos, usou a fantasia como forma de conscientização. Segundo ele, a fantasia é para incentivar que os foliões se protejam durante a festa.

Foto: Elson Barbosa/iBahia

Veja outras fantasias dos foliões no circuito Sérgio Bezerra:

‘Americanas falidos’ (Foto: Elson Babosa/iBahia)
Foto: Elson Barbosa/iBahia
Foto: Elson Barbosa/iBahia
Grupo de peruanos e venezuelanos pela primeira vez no Carnaval de Salvador (Foto: Elson Barbosa/iBahia)

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3