BEREU NEWS

Mulher diz ter sido estuprada por policial ao tentar prestar queixa em delegacia

Foto: Divulgação / PC

policial civil, porém, teria exigido que a mulher fizesse sexo com ele para soltar o namorado dela

Uma mulher de 25 anos contou ter sido estuprada por um policial civil no momento em que tentava registrar uma queixa contra o namorado dela. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima disse que discutiu com o parceiro na rua e foi levada junto com ele por um veículo da Polícia Militar até a delegacia. A vítima acabou pedindo a soltura do namorado, que estava numa cela. O policial civil, porém, teria exigido que a mulher fizesse sexo com ele para soltar o namorado dela.

O policial ainda teria levado a vítima para um quarto, onde a ameaçou com uma arma de fogo.  O caso aconteceu na 12ª Delegacia de Polícia de Copacabana, no Rio de Janeiro, no dia 3 de fevereiro, mas só nesta terça-feira (14) veio à tona. A mulher registrou o caso na Delegacia de Atendimento à Mulher do Centro.

Foi solicitada a prisão do policial civil, mas a Justiça negou. A defesa da mulher afirma que ela foi agredida e enforcada enquanto era estuprada. Depois, a mulher foi liberada e, horas depois, o namorado voltou para casa. O Laudo de Exame de Corpo Delito de Conjunção Carnal apontou que há vestígios de violência real por "ação contundente", mas são necessários outros exames que comprovem a violência sexual.

Em nota, a Polícia Civil disse que" a Corregedoria-Geral da Polícia Civil instaurou sindicância e afastou imediatamente o servidor". "A Polícia Civil reforça que não compactua com nenhum tipo de desvio de conduta e que todos os fatos já estão sendo apurados, assim como as medidas cabíveis serão adotadas no rigor da lei."

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3