BEREU NEWS

Quadrilha é presa após ameaçar vazamento de nudes de autoridades


Fotos íntimas das autoridades da União eram obtidas por meio de aplicativos

Uma quadrilha especializada em extorsão, por meio da internet, contra autoridades no Distrito Federal foi capturada, na manhã desta quinta-feira (31). A Operação Madrigueira II foi executada pela Polícia Civil local (PCDF), por meio da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC). Iniciada em março deste ano, a investigação constatou que o grupo criminoso, sediado em Goiânia, tinha estratégia planejada.

A priori, os membros entravam em contato com as vítimas por meio do aplicativo de relacionamento Grindr, direcionado ao público LGBTQIAPN+, e solicitava fotos íntimas. Depois da obtenção das imagens, os bandidos cobravam pagamento de quantias em torno de R$ 20 mil, via Pix, para que não expusessem os nudes, de acordo com a coluna ‘Na Mira’, do portal Metrópoles.

Mesmo após as vítimas pagarem as quantias exigidas, os criminosos divulgavam as imagens. “Pagar a extorsão, nesses casos, não é garantia de nada”, relatou um dos investigadores.

Ainda conforme a publicação, a maioria das vítimas identificadas é integrada por funcionários públicos do alto escalão dos poderes Judiciário e Executivo, casados e com filhos.

A equipe da PCDF, que também contou com o apoio da Delegacia Estadual de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DERCC) da Polícia Civil de Goiás, apreendeu quatro celulares, cinco HDs, pendrive, máquina de cartão e diversos sim cards que foram usados para o cometimento do crime.


Faixa etária

Dois homens, de 23 e 26 anos, e uma mulher, de 23, foram levados para a DERCC,onde confessaram a participação na empreitada. Os suspeitos vão responder pelos crimes de extorsão qualificada, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2