BEREU NEWS

Criança indígena é vítima de estupro coletivo após ser embriagada em casa de saúde

Uma criança indígena, de 11 anos, foi vítima de estupro coletivo após ser embriagada nesta segunda-feira (18) na Casa de Saúde Indígena Yanomami (Casai-Y), em Roraima. As informações foram divulgadas pela Polícia Militar.

Ainda segundo a PM, os suspeitos são dois adolescentes, de 15 e 17 anos e dois jovens, de 21 e 27 anos. Os homens foram presos em flagrante por crime de estupro de vulnerável e com conduta que resultou em lesão corporal de natureza grave. Já os adolescentes foram apreendidos em flagrante por ato infracional.

A PM informou ainda que quando chegou na Casai-Y, encontrou todos os suspeitos ao redor da vítima. Os policiais disseram que quatro estavam bêbados e deram bebida alcoólica à menina. A PM foi até o local após ter sido acionada via 190.

A polícia constatou também que além da violência sexual, a vítima sofreu lesões corporais. A menina, que foi encontrada no chão, foi levada ao Hospital da Criança Santo Antônio pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), onde está internada.

Em nota, a prefeitura, responsável pela unidade, informou que ela "está com o quadro de saúde estável".  Os adultos envolvidos foram apresentados na manhã desta terça-feira (19) na audiência de custódia. Os adolescentes foram apresentados no Centro Sócio Educativo (CSE). 

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3