BEREU NEWS

Embaixador de Israel poderá deixar Brasil: "clima insustentável"


 

Relação entre os dois países entrou em crise após Lula comprar ataques em Gaza a Holocausto

Depois da reação de Israel ao discurso de Lula (PT), que comparou os ataques em Gaza ao Holocausto, a permanência do embaixador israelense em Brasília, Daniel Zonshine, pode ficar insustentável, segundo membro do alto escalão do governo brasileiro. A informação é do colunista Jamil Chade, do portal Uol.

Zonshine já havia criado mal estar no final do ano passado, quando se reuniu com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que já estava inelegível. Na ocasião, o governo brasileiro não expulsou o embaixador para não prejudicar a repatriação de brasileiros da Faixa de Gaza.

No entanto, Zonshine foi convidado para o ato de Bolsonaro em 25 de janeiro, em São Paulo. Sua presença poderá ser definitiva para a expulsão, pois demonstraria, segundo o governo, uma disposição do embaixador em manter diálogo com um quadro político que é suspeito de tentar dar um golpe de Estado e que atualmente está inelegível.

O embaixador foi chamado para conversar com membros do Itamaraty na última segunda-feira, 19. Já Frederico Meyer, embaixador brasileiro em Israel, foi chamado pelo governo do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu para esclarecer as falas de Lula que deram início à turbulência na relação diplomática entre os dois países.

A reunião com Meyer não aconteceu porque Lula mandou que o embaixador se retirasse de Israel e voltasse ao Brasil.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS
BEREU NEWS