BEREU NEWS

Técnico de vôlei é condenado a 60 anos de prisão por estupro de atletas adolescentes


O treinador de vôlei André Testa, acusado de estupro contra atletas adolescentes, foi condenado a 60 anos de prisão pelos crimes. As informações são do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), que fez a denúncia contra ele.

Os crimes sexuais ocorreram quando Testa era o técnico em São José, na Grande Florianópolis, em um projeto social coordenado por uma entidade esportiva sem fins lucrativos.

Segundo o MPSC, ele usava a confiança e admiração dos jogadores, além dos sonhos deles de se tornarem profissionais, para praticar os abusos sexuais.

As investigações contra o réu começaram em 2022, que poderá recorrer em liberdade. O treinador foi condenado a 60 anos de prisão em regime fechado, três anos e nove meses em regime aberto e 100 dias-multa.


Os crimes pelos quais o treinador foi condenado são:

  • quatro condenações por estupro de vulnerável
  • uma por estupro
  • uma por constrangimento ilegal
  • fornecer, servir, ministrar e entregar bebida alcoólica para criança ou adolescente
  • submeter criança ou adolescente sob sua autoridade a vexame ou a constrangimento
  • induzir, instigar ou auxiliar alguém ao uso indevido de droga

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2